Para abertura do período oficial de campanha eleitoral para as eleições dos órgãos autárquicos de 26 de setembro, a candidatura do Bloco no concelho de Viseu posiciona-se como o voto útil para travar a extrema direita.

Em comunicado, que transcrevemos na íntegra, a candidatura lembra que Viseu tem sido um concelho governado pela direita desde 1976, ano das primeiras eleições autárquicas, desde 1989 continuamente pelo PSD: “em 32 anos apenas dois homens foram eleitos como presidentes!”

Comunicado: À esquerda, o voto útil é no Bloco!

Aproximam-se as eleições para os órgãos autárquicos de 26 de setembro. Desde 1976, ano das primeiras eleições autárquicas, Viseu tem sido um concelho governado pela direita, desde 1989 continuamente pelo PSD: em 32 anos apenas dois homens foram eleitos como presidentes!

Décadas de maiorias de direita, os últimos anos de maiorias absolutas, têm reforçado vícios, criado e alimentado relações de subserviência. A sensação, alimentada pela Câmara Municipal de Viseu, de que o sucesso depende do favorecimento por parte de quem governa gera medo e ameaça a liberdade democrática.

Este ano, com o período oficial de campanha eleitoral a começar, com o assomar de propostas governativas de extrema direita, impõem-se, mais do que nunca, algumas questões:

  • Que força queremos para escapar a maiorias absolutas?
  • Que força queremos para travar a extrema direita?
  • Que força queremos para contrabalançar e influenciar as decisões sobre o destino do concelho?

Nesta eleição está em jogo saber quem fica em terceiro lugar e quem elege representantes para as Assembleia Municipal, Assembleias de Freguesia e até para a vereação. Essa representação é garantia de fiscalização, democracia e apresentação de propostas.

Queremos a extrema direita nesta posição? Queremos que nos próximos 4 anos, na oposição do nosso concelho, estejam essas forças de direita a fazer o frete à direita institucional? Que sejam um desfilar de propostas discriminatórias e que põem em causa os serviços públicos?

Ou, pelo contrário, a força que faz acontecer o ano todo, que está na rua junto com as pessoas, todas as pessoas, na luta toda, por um mundo com mais justiça social, sem explorações e sem opressões, na defesa da Saúde Pública e da Escola Pública, no direito à habitação e na defesa do ambiente?

Só com uma eleita na Assembleia Municipal conseguimos aprovar inúmeras propostas que irão melhorar a vida das pessoas que vivem em Viseu. Agora, imaginem com mais pessoas eleitas e com vereação, pela primeira vez, na Câmara Municipal!

Deixe o seu comentário

Skip to content