A Sementeira é uma iniciativa cultural e política do Bloco de Esquerda de Viseu. Na sua oitava edição, a 4, 5 e 6 de setembro no centro histórico de Viseu, conta com exposições, momentos musicais, uma roda de ativistas (Brasil, aqui.) e uma sessão com Catarina Martins (Vencer a Crise).

Segundo nota da organização, durante os três dias, estarão duas exposições acessíveis em permanência. “A Exposição Coletiva ocupará o número 6 da rua das ameias e é resultado das submissões recebidas na chamada para artistas e projetos que ocorreu até 10 de agosto. Conta com a colaboração de mais de 20 artistas.”

Já na praça D. Duarte, “será possível ver a exposição documental “STOP Homofobia – Passado, Presente e Futuro”. Este é um trabalho de arquivo fotográfico que assinala os 15 anos da Manifestação STOP Homofobia, que ocorreu a 15 de maio de 2005, recordando um dos momentos mais difíceis da memória da comunidade LGBTI+ em Viseu.”

Existirão ainda vários momentos musicais, também eles resultado da Chamada, como a Performance Musical “Provisório” no primeiro dia, o concerto hip hop TWONE DAY no sábado e os concertos do Masena e dos Mike Vhiles no domingo.

Logo no dia inaugural, ocorrerá uma sessão designada “Vencer a Crise”, com a presença de Catarina Martins, nos Jardins da Casa do Miradouro, como já divulgado pelo Interior do Avesso.

No domingo será dinamizada uma Roda de Ativistas, “Brasil, aqui.”, com a presença de ativistas, associações e movimentos brasileiros em Portugal. “O objetivo é incentivar e iniciar uma reflexão mais aprofundada sobre o papel ativista que a comunidade brasileira pode ter e assumir em Portugal e em Viseu, onde tem vindo a crescer nos últimos anos”, explica a organização.

“Durante toda a programação serão cumpridas normas de segurança que permitam usufruir e participar nos diversos momentos em segurança sanitária”, fica assegurado na nota.

A organização define a Sementeira como “o solo fértil para divulgação artística e cultural livre de curadoria, terreno experimental que cruza, em inesperada multiplicidade, estilos, produções, expressões, criações e vozes artísticas.”

Mas também como “campo para a desconstrução crítica da realidade histórica e para a reflexão política dos contextos em vivência. Num ano em que tudo está em permanente mutação, a Sementeira far-se-á também da discussão em torno dos ativismos que ocupam e devem ocupar uma voz cada vez mais sonante na construção social e cultural.”

 

Programa Completo

Dia 4 – Sexta-feira

18h00 – Abertura de Portas / Inauguração das Exposições (Rua das Ameias / Praça D. Duarte)

18h30 – Performance Musical “Provisório” (N.º 6 Rua das Ameias)

21h00 – Sessão Vencer a Crise com Catarina Martins (Casa do Miradouro)

18h30-24h00 – Exposição Coletiva (N.º 6 Rua das Ameias)

18h30-24h00 – Exposição “STOP Homofobia – Passado, Presente e Futuro” (Praça D. Duarte)

 

Dia 5 – Sábado

12h30 – Tachada de Feijoada de Cogumelos (VegaNé) (Rua das Ameias / Praça D. Duarte)

21h00-24h00 – Concerto: TWONE DAY (DJ set de +Plus, Nicola Santos, Smoke Hills, Santoz3500 e Libero) (Rua das Ameias / Praça D. Duarte)

18h30-24h00 – Exposição Coletiva (N.º 6 Rua das Ameias)

18h30-24h00 – Exposição “STOP Homofobia – Passado, Presente e Futuro” (Praça D. Duarte)

 

Dia 6 – Domingo

15h00-17h00 – Brasil, aqui. (roda de ativistas) (Rua das Ameias / Praça D. Duarte)

17h00-19h00 – Concerto: Masena e Mike Vhiles Rua das Ameias / Praça D. Duarte

18h30-24h00 – Exposição Coletiva (N.º 6 Rua das Ameias)

18h30-24h00 – Exposição “STOP Homofobia – Passado, Presente e Futuro” (Praça D. Duarte)

Deixe o seu comentário

Skip to content