Foto por Quarta Parede | https://quartaparedecovilha.wordpress.com/

A programação do festival Y 16, interrompida devido à pandemia da covid-19, é retomada pela associação Quarta Parede com uma residência artística de Joana Gama e Luís Fernandes de 20 a 24 de Julho, na EPABI, Covilhã.

Em comunicado, segundo a RCB, a associação refere que o duo musical vai dedicar-se “a compor novo material a partir da experiência acumulada nas diversas colaborações levadas a cabo nos últimos quatro anos. Será ainda realizada uma masterclass, no dia 10 de Dezembro dirigida aos alunos da EPABI, e no dia 11 de Dezembro um concerto aberto ao público”.

A Quarta Parede assegura ainda que o regresso à actividade vai seguir todas as indicações de segurança para o público e para as equipas artísticas de cada espectáculo “o festival vai ser diferente, vamos manter as distâncias de segurança, usar máscaras, vamos ter plateias reduzidas mas, mesmo nas condições adversas que nos atingem a todos, trazemos para cada espectador a criatividade e as emoções que cada espectáculo oferece e que são tão necessárias nos tempos actuais”.

Segundo o próprio site, a Quarta Parede, associação criada a 21 de outubro 2002 na Covilhã, “é uma estrutura profissional de criação e produção no universo das artes performativas e cruzamentos disciplinares”.

Organiza desde 2003 o Festival Y – “festival de artes performativas, que privilegia projetos na área dos cruzamentos disciplinares que provocam a rotura com as formas convencionais das várias disciplinas artísticas. O festival tem lugar nas cidades de Covilhã e Castelo Branco, contribuindo significativamente para a presença de uma plataforma de passagem da arte contemporânea na Beira Interior”, pode ainda ler-se.

Deixe o seu comentário

Skip to content