Fundão: Bloco avança com pergunta ao Governo sobre ETAR dos Enxames

ETAR dos Enxames
ETAR dos Enxames
Foto de Bloco Fundão
Após visita ao local do deputado José Manuel Pureza, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda quer saber, junto do Governo, quais são as diligências que vai tomar para resolver esta situação. 

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda avançou com uma pergunta ao Ministério do Ambiente e da Ação Climática sobre o não funcionamento da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) dos Enxames, que está sem funcionar desde que foi instalada há 12 anos. 

Na pergunta ao Governo pode ler-se que “esta ETAR teve um custo de 981.372 euros, tendo este custo sido suportado com financiamento pelo FEDER, no valor de 834.166 euros”. 

Para o Bloco, “não é admissível que, num país membro da União Europeia em pleno século XXI, permaneça assim por cumprir um direito absolutamente elementar de todas as pessoas: o direito ao saneamento básico através de uma rede pública”. 

O Bloco, nas perguntas dirigidas ao Governo, quer saber se o Ministério tem conhecimento desta situação, o porquê de depois de 12 anos a ETAR continuar sem funcionar e que diligências vai tomar o Governo para resolver a situação. 

Relacionados: 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts
Skip to content