Esta série documental é realizada por João Pedro Marnoto, o mesmo realizador de “Fé nos Burros” e já tem o primeiro episódio disponível online.

Este trabalho propõe-se ser “uma viagem entre as gentes enraizadas na terra que lhes sustenta a fome e devotas na fé que lhes aponta os céus… uma reflexão sobre a condição humana assente sobre três vértices: a relação com a Terra, a Fé e o Progresso”.

Tem no seu título uma expressão popular oriunda de do Douro e Trás-os-Montes, ‘Nove Meses de Inverno e Três de Inferno’ e desenrola-se ao longo das 4 estações, começando “no outono em plena época da poda e terminando no final do verão por altura das vindimas, retratando assim a vivência social e cultural de uma região em particular, mas num paralelo que vai além-fronteiras”.

O trabalho final, diz o autor, é “uma metáfora visual sobre a contemporaneidade, partindo de uma premissa e perspetiva do espaço rural” que junta fotografia e vídeo.

Podem conhecer o trabalho todos os meses, ao longo de 12, com um novo episódio entre os 5 e os 10 minutos, já estando o primeiro publicado e o segundo agendado para 3 de dezembro.

Deixe o seu comentário

Skip to content