Foto de Manuel Minhoto | Facebook

Foi esta sexta-feira formalizado e prevê-se que dentro de um ano comece a funcionar um centro de ciência e turismo no Parque Natural de Montesinho. O Observatório de Montesinho ficará localizado na casa da Lama Grande.

Segundo a Voz de Trás-os-Montes, o projeto terá um custo inicial de cerca de 2,5 milhões de euros e irá funcionar numa propriedade do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), na casa da Lama Grande, que será reabilitada após ter estado vários anos abandonada.

Este projeto foi assinado esta sexta-feira no Instituto Politécnico de Bragança (IPB) cera de meia ano após o seu anúncio, no Conselho de Ministros que decorrer na cidade de Bragança no mês de janeiro.

Para Sobrinho Teixeira o principal objetivo deste projeto é haver um local que “procura ser um observatório de tudo aquilo que é a realidade das regiões de montanha”.

Para o Secretário de Estado é fundamental o estudo destes territórios porque “são determinantes até para o futuro e para as alterações climáticas”, defendendo que os reservatórios de água para os períodos mais secos devem ser construídos nas montanhas por forma a evitar inundações nos locais mais baixos.

Deixe o seu comentário

Skip to content