Foto por Autor Anónimo

Foi aprovada uma proposta de alteração ao Orçamento do Estado para 2021 que prevê a redução de 50% do valor das portagens nas ex-SCUT A23, A24 e A25, com efeitos a partir de julho.

A proposta foi aprovada por maioria, com voto contra do PS e IL e abstenção do PAN, segundo notícia da Rádio Cova da Beira (RCB). A medida prevê que os utilizadores passem a usufruir de um desconto de 50% no valor da taxa de portagem, ou de 75% caso se tratem de viaturas eléctricas não poluentes.

No dia 20 marcha lenta reivindicou o fim das portagens na A25 e A23

Marisa Matias marcou presença na marcha lenta contra as portagens da A23 e A25 que se realizou nos distritos da Guarda e Castelo Branco a 20 de novembro. A candidata às presidenciais referiu que “falta a vontade política para colocar o interior na agenda nacional”.

Sobre o movimento pela abolição das portagens, Marisa Matias frisou que “é um movimento que tem o apoio porque não podemos continuar a ter um país que tem tanta desigualdade do ponto de vista do investimento e do cuidado pelas populações”.

 

Portagens: “Esta é uma luta pela coesão territorial”

Marcha Lenta pelo fim das portagens na A25 e A23

Deixe o seu comentário

Skip to content