Plataforma Já Marchavas homenageou no dia 25 de novembro as 23 mulheres assassinadas em Portugal em 2021

No passado dia 25 de novembro, a Plataforma Já Marchavas, assinalou o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, com uma homenagem às 23 mulheres assassinadas em Portugal em 2021.
Foto de Plataforma Já Marchavas

Em nota de imprensa, a Plataforma salienta que se inspirou na Colcha de Retalhos da HIV (AIDS Memorial Quilt), iniciada nos anos 1980 pelo movimento LGBT dos EUA e “a Já Marchavas cozeu 23 retalhos de tecido, correspondendo cada um deles ao nome de cada mulher morta este ano no nosso país desde 1 de janeiro até 15 de novembro. “

“Sob o mote “NEM MAIS UMA”, vários/as ativistas e coletivos concentraram-se no Rossio em Viseu, lembrando as mulheres a quem barbaramente lhes foi roubada a vida, mas também todas as mulheres vítimas de uma sociedade machista, sexista, racista, homofóbica, transfóbica e patriarcal que todos os dias em todo o mundo sofrem alguma forma de violência”, salientam.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts
Skip to content