Foto por Raquel Teixeira

Os preços da habitação em Portugal  têm vindo a aumentar ano após ano. Desde o quarto trimestre de 2013 que o índice dos preços das casas está a aumentar sistematicamente, segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). 

Os dados agora divulgados, referentes ao terceiro trimestre de 2019 revelam que o valor médio por habitação foi de 1054€ por metro quadrado, tratando-se de um aumento de 10.3% relativamente ao período homólogo e 0.2% em relação ao trimestre anterior. 

O INE revela que a maioria das cidades e vilas do interior do país não escapam a esta tendência de subida dos preços, poucas são a exeção. 

As estatísticas de preços da habitação ao nível local revela que os concelhos onde as casas são mais caras são no Algarve com uma média de (1635€ /m2), na área metropolitana de Lisboa (1463€/m2) e a área metropolitana do Porto (1065€/m2). Relativamente aos municípios mais caros do país, Lisboa lidera com uma média de (3205€/m2), seguindo-se Cascais (2529€/m2), Oeiras (2211/m2), Loulé (2089/m2) e Albufeira (1894/m2). 

Em relação aos concelhos do interior, o concelho de Viseu é aquele onde as casas são mais caras (896€/m2), seguindo-se Vila Real (849€/m2) e Mirandela (692€/m2).  Em relação ao distrito da Guarda, o concelho da Guarda é o é a mais caro (623€/m2). Já no distrito de Castelo Branco o concelho mais caro para viver é o da Covilhã (667€/m2). Como podem ver na tabela. 

Infografia: Interior do Avesso / INE

(Escrito por MM)

Deixe o seu comentário

Skip to content