Foto por A nossa Agricultura - Confagri | Facebook

Os habitantes dos concelhos de Boticas e Valpaços, no distrito de Vila Real, foram surpreendidos pelo mau tempo que se fez sentir ao final da tarde de quarta-feira, dia 8, depois de um dia particularmente quente, com trovoadas, queda de granizo e vento forte.

Nalgumas aldeias do concelho de Valpaços os estragos provocados pelos fenómenos meteorológicos extremos, que incluíram queda de pedras de gelo de grandes dimensões, foram significativos na vinha, olivais, castanha e produtos hortícolas. 

Abel Moutinho, um dos produtores afetados, explicou ao Diário Atual que em pouco mais de 10 minutos a trovoada e o granizo forte que caiu “do tamanho de ovos de aves” causaram “uma grande destruição”.

Segundo o presidente da Câmara de Valpaços, Amílcar Almeida, neste momento ainda se está a realizar a contabilização dos estragos sentidos no setor da agricultura. 

Também no concelho de Boticas, onde a intempérie provocou prejuízos como a queda de fruta das árvores, existem relatos de que as pedras eram tão grandes que acabaram por causar amolgadelas nalguns carros estacionados na via pública. 

“Nunca tinha visto uma coisa assim”, afirmou José Carneiro da aldeia de Codessoso, surpreendido com o fenómeno, acabando mesmo por medir uma pedra de granizo com cerca de seis centímetros.

 

Ver também:

Aprovado projeto do Bloco para criação de um apoio urgente aos produtores afetados por eventos meteorológicos extremos

Deixe o seu comentário

Skip to content