A campanha “SOS comunidades ciganas” terá Salvador Sobral como voz já amanhã no relançamento da iniciativa nos órgãos de comunicação social. Esta iniciativa visa ajudar o combate à covid-19 nas famílias que vivem em acampamentos e barracas, “em condições que ferem a dignidade humana e colocam em risco a saúde individual e comunitária.”

A EAPN Portugal está a trabalhar com comunidades cidades em nove concelhos portugueses (Elvas, Beja, Mourão, Guarda, Fundão, Viseu, Braga, Barcelos e Porto) onde já foram entregues kits de higiene angariados pela iniciativa “SOS comunidades ciganas”, que tem por objetivo ajudar as famílias mais desfavorecidas através da doação destes materiais. Segundo comunicado da EAPN já foram abrangidas 126 famílias com a aquisição de 500 kits e angariação de 9500 euros.

Pretendem que na próxima semana toda a população do Bairro das Pedreiras, em Beja, já tenha acesso aos kits, num total de 800 pessoas abrangidas, que correspondem a 150 famílias. A distribuição será feita consoante os donativos realizados, por forma a dar resposta ao maior número de pressoas possível, de modo a incluir também os pedidos que chegaram à sede da EAPN Portugal.

Rede Europeia Anti-Pobreza refere que o custo de cada kit de higiene e limpeza (máscaras, luvas, álcool, sabão, toalhitas desinfetantes e lixivia) é de 22 euros e apela a todas as contribuições possíveis.

Segundo o Presidente da EAPN Portugal “As famílias que vivem em acampamentos e barracas, sem acesso a água, luz e a uma habitação digna, são as que mais necessitam de proteção face à pandemia que vivemos. São famílias que possuem apenas, como meio de subsistência, os rendimentos provenientes da realização das feiras e da venda ambulante e que enfrentam, além dos problemas de salubridade, a suspensão das suas atividades por período indeterminado”. Congratula-se também com o “benemérito de Salvador Sobral que tem a bondade de levar mais longe esta campanha, dando-lhe a dimensão internacional da sua voz e da sua própria visibilidade enquanto figura pública. Podia não o ter feito, mas fê-lo e temos de lhe agradecer por isso, por nos ajudar a lutar, por um lado contra o preconceito e a indiferença e, por outro, por incentivar as pessoas a ajudarem-nos nesta nossa missão de lutar contra a pobreza e a exclusão social.”

As necessidades são levantadas pelos núcleos distritais da EAPN Portugal. Esclarecem ainda que algumas das comunidades ciganas não presidentes apenas de materiais de higiene e alimentos, mas também de mais informação sobre a COVID-19.

“Sublinho que o gesto de Salvador Sobral torna-se ainda mais nobre face às dificuldades colocadas, por esta pandemia, a todos os artistas portugueses. Felicito-o por não lhe faltar solidariedade para, mesmo assim, pensar no Outro; nos que mais precisam, no momento tão difícil que vivemos. É de elementar justiça e um dever ético, atuar na defesa e prevenção da COVID 19, nomeadamente junto daqueles que não têm habitação digna, (sem água e sem saneamento), apenas uma barraca” referiu Jardim Moreira, presidente da EAPN Portugal, em carta enviada a Salvador Sobral. 

Ainda segundo a EAPN Portugal, o númeo de portugueses ciagsnos em território nacional é de 24210, abrangendo esta campanha os mais carenciados.

“O donativo pode ser feito através de transferência bancária para a conta da EAPN Portugal/Rede Europeia Anti Pobreza: IBAN: PT50 0036 0030 99101729793 88. Todos os donativos constam com transparência no site da EAPN Portugal, comprometendo-se a organização a fazer uma constante atualização.”

 

Terminam agradecendo à RTP, Antena 1 e Antena 3, à SIC, à SIC Esperança e à SIC Mulher “o apoio, imprescindível, na divulgação desta campanha. Também o auxílio da Rádio Renascença que, além da entrevista, deu visibilidade à iniciativa na rubrica “apoios”, no seu site.”

A campanha promocional do Salvador Sobral poderá ser visto hoje no Facebook da EAPN Portugal.

Escrito por JL

Deixe o seu comentário

Skip to content