O Núcleo Concelhio de Carregal do Sal do Bloco de Esquerda quer fazer balanço com as populações de Sobral e Papízios sobre a extinção de freguesias realizada em 2013. As sessões de auscultação estão marcadas para 7 e 14 de Março.

O partido refere que “o que aconteceu no tempo do Governo PSD/CDS-PP foi uma série de fusões de freguesias em que muitas populações não foram ouvidas. Foi tudo feito a régua e esquadro em Lisboa e não com o contributo das populações”. Acrescenta que “face ao cenário atual, com anúncios do Governo, da Plataforma Nacional pela Reconversão das Freguesias – que vai estar presente na sessão de dia 14 de Março – e da ANAFRE, o processo de reconversão de freguesias vai ficar resolvido na atual legislatura. O Bloco de Esquerda defende referendos locais onde as populações assim o entenderem”. 

“O objetivo das sessões de auscultação é ouvir as populações de Sobral e Papízios relativamente à fusão das freguesias que aconteceu em 2013. Que balanço fazem, se houve benefícios ou prejuízos com esta decisão administrativa do Estado”, informa o Núcleo Concelhio do Bloco. 

Para isso vão realizar duas sessões de auscultação, uma no dia 7 de Março no Sobral e outra no dia 14 de Março em Papízios, ambas às 18h e nas antigas instalações das Juntas de Freguesias das respetivas localidades. 

 

(Escrito por DG)

Deixe o seu comentário

Skip to content