Foto de Raquel Teixeira

Na sessão de julgamento da passada sexta-feira no tribunal de Bragança, as testemunhas ouvidas afirmaram que viram dois dos arguidos com um pau. Afirmaram ainda que viram Giovani a cambalear na Avenida Sá Carneiro da cidade transmontana.

As testemunhas ouvidas nesta sessão do julgamento referiram também segundo a Rádio Brigantia que quando passavam na escadaria da Travessa dos Negrilhos de carro, ouviram Bruno Coutinho, um dos arguidos, a referir que tinha agredido um dos jovens africanos com um pau na cabeça e que segundo o arguido até teria ficado com um galo.

Segundo relatos das testemunhas na mesma noite viram Giovani sozinho a cambalear na Avenida Sá Carneiro da cidade de Bragança.

Referiram também em tribunal que viram que os arguidos Bruno Fará e Bruno Coutinho tinham um pau que terá sido o usado para atingir o jovem Giovani.

No início de maio será retomado o julgamento.

Ver também todos os artigos sobre Giovani Rodrigues no Interior do Avesso.

Deixe o seu comentário

Skip to content