Trabalhadores do Casino de Chaves em greve no próximo fim de semana

Hotel Casino Chaves | Foto de Espinho-Chaves Slots Lounge | Facebook
O Sindicato dos trabalhadores das Salas de Jogos (STSJ) decretou greve dos funcionários do Casino Solverde de Chaves para o próximo fim de semana. Esta greve serve para denunciar o descontentamento dos funcionários e funcionárias pelos baixos salários praticados.

O pré-aviso de greve do STSJ abrange todos os trabalhadores ao serviço do Casino Solverde de Chaves. O protesto começa pelas 12:00 de sexta-feira e prolonga-se até às 05:00 de domingo.

 “Não obstante a Solverde deter cinco Casinos físicos e um Casino online, é a concessionária que paga os salários mais baixos, recusando-se ao longo de vários anos a negociar com os trabalhadores atualizações salariais, evidenciando grande insensibilidade para a violência do trabalho noturno” refere o sindicato.

Consideram ainda que “Desrespeita totalmente a portaria 1159/90 com graves prejuízos para os trabalhadores, sendo preciso dizer que este comportamento tem tido a total cumplicidade do Turismo de Portugal e do seu serviço de Inspeção de Jogos, que fecham os olhos às irregularidades.”

O STSJ está ao lado dos trabalhadores e trabalhadores na sua luta por melhores condições laborais e “contra a exploração”, bem como pela “exigência pelo respeito pelas suas categorias profissionais”.

Escrito por JL

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts
Multibanco
Ler Mais

24 freguesias particularmente vulneráveis se ficarem sem multibanco ou agência bancária

Algumas freguesias dos distritos de Bragança, Beja, Castelo Branco, Faro e Vila Real podem ficar em situação “especialmente crítica” caso haja contração adicional da rede diz Banco de Portugal. O banco central acredita ser necessário “preservar a liberdade de escolha entre instrumentos de pagamento e a inclusão financeira”. Artigo esquerda.net.
Ler Mais

Política suja em Castelo Branco

Foto por ThreeohsixSegundo notícia da semana passada no jornal Público, existem dúvidas quanto à utilização de fundos comunitários…
Skip to content