Estação Ferroviária de Mangualde | Foto de Diego Garcia

Na última sessão do presente mandato, e sob proposta do Bloco de Esquerda, a Assembleia Municipal deliberou, por unanimidade, a criação de uma carreira diária de Viseu à estação ferroviária de Mangualde. A moção também não esquece a ligação ferroviária entre Aveiro e a Linha da Beira Alta. 

Realizou-se, esta sexta-feira, a última sessão ordinária da Assembleia Municipal de Viseu onde foi discutida e votada uma moção apresentada pelo Bloco de Esquerda intitulada “Moção a favor da ligação de Viseu à Linha da Beira Alta”. 

Na moção, aprovada por unanimidade, pode ler-se que “uma das principais reivindicações dos viseenses tem sido a ligação ferroviária que a capital de distrito perdeu quando, em 1990, se encerraram duas linhas: a Linha do Dão (inaugurada em 1980), entre Viseu e Santa Comba Dão, onde entroncava na Linha da Beira Alta (inaugurada em 1882), e a Linha do Vale do Vouga (concluída em 1914), entre Espinho e Viseu”. 

O Bloco, no documento, lembra que “esta Assembleia já aprovou, por unanimidade, Moções sobre esta questão, inclusivamente  em Abril deste ano a Moção Pela Inclusão de Viseu na Rede Ferroviária Nacional e Internacional, onde deliberava pronunciar publicamente a sua posição inequívoca sobre a necessidade de ligar Viseu à Rede Ferroviária Nacional”. 

A moção foi aprovada, ontem, por unanimidade e exige “dar todo o apoio ao compromisso assumido publicamente pelos ex-presidentes das câmaras municipais de Viseu e Mangualde para que os presentes e/ou futuros autarcas destes concelhos vizinhos, junto com a CP e, eventualmente, com a empresa de camionagem concessionária da ligação de Viseu a Mangualde, encetem, com a maior brevidade possível, a criação de uma carreira diária, de carácter transitório enquanto não se concretiza a estação ferroviária em Viseu, nos horários dos comboios intercidades, por autocarro, ou mini-autocarro para começar, através da A25, com bilhete integrado”. 

Mesmo assim, a moção também exige “continuar a reivindicar junto do governo a ligação ferroviária entre Aveiro e a linha da Beira Alta com a estação ferroviária em Viseu, da qual não abdicamos”. 

Deixe o seu comentário

Skip to content