A população, a melhor embaixadora do território

Castelo Branco
Castelo Branco
Foto por Rica2205, CC BY-SA 3.0 <https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0>, via Wikimedia Commons
Chamo-me Sílvio Lopes tenho 43 anos e sou candidato do Bloco de Esquerda à Assembleia de Freguesia de Castelo Branco.

Estou aqui hoje para vos apresentar alguns pontos do nosso projecto para a Freguesia de Castelo Branco.
Em primeiro lugar, queremos priorizar o contacto com os fregueses, ouvindo as suas necessidades e também as suas ideias para a melhoria da freguesia.
  • A Junta de Freguesia dever ser por isso, um órgão de proximidade com a população, devendo estar de “portas abertas”, para ajudar na resolução de problemas, seja na impressão de documentos essenciais, acesso à internet, marcação de atendimento em serviços públicos, no preenchimento de impressos, na disponibilização de contactos de profissionais, para resolução de avarias domésticas, entre outros.
  • Por outro lado, a Junta de Freguesia deve ouvir as ideias e sugestões da população e implementar melhorias que contribuam para o bem comum.
Em segundo lugar, queremos uma Junta de Freguesia norteada pela transparência.
  • Pretendemos, que as reuniões da freguesia sejam descentralizadas, transmitidas “online” e com horário acessível à participação da população. Queremos também promover espaços de discussão social e político e divulgar “online” as actividades da freguesia.
  • Quanto ao Orçamento Participativo, entendemos que tal como as eleições e os referendos, este expressa a vontade da população e por isso deve ser promovido e concretizado com respeito e rigor.
Em terceiro lugar, queremos uma Junta de Freguesia que promova a sustentabilidade desenvolvendo acções junto dos cidadãos e comunidade estudantil, não esquecendo o património e as tradições.
  • Defendemos um sistema de transportes públicos que simplifique a deslocação de estudantes, trabalhadores e idosos, com horários e percursos adequados.
  • A criação de um programa de bicicletas de utilização partilhada.
  • A construção das ciclovias entre Castelo Branco – Alcains; Castelo Branco – Taberna Seca e Castelo Branco – Lentiscais.
  • A realização de percursos e passeios pedestre pelo território.
Entendemos que a zona histórica deva ser coração da cidade. Defendemos por isso a valorização do património histórico, a recuperação de habitação degradada e a reactivação da Feira Medieval no Castelo.
Estas são apenas algumas das propostas do Bloco para a Freguesia, que vão ser disponibilizadas online, nas redes sociais, Instagram e Facebook.
Queremos que a população, se orgulhe de pertencer à Freguesia de Castelo Branco, pois é a população, a melhor embaixadora do território.
Agradeço por fim, ao Bloco do Esquerda pela minha escolha e confiança, e a todos pela vossa presença.
No dia 26 de Setembro vamos todos votar no Bloco, para fazer de Castelo Branco um Município melhor.
Outros artigos deste autor >

Sílvio Lopes nasceu a 2 de Janeiro de 1978 no Entroncamento, mas reside em Castelo Branco desde 2008, estando atualmente a trabalhar num Centro de Contacto. Fez o percurso inverso dos pais que, devido à ferrovia, se mudaram do Concelho do Fundão, de onde são naturais, para o Ribatejo. Acredita por isso que o interior é um excelente local para se viver e que a “interioridade” apenas existe na cabeça daqueles que, nos últimos anos, pouco têm feito pelo seu desenvolvimento. É candidato do Bloco de Esquerda à Assembleia de Freguesia de Castelo Branco nas eleições autárquicas de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados
Ruas
Ler Mais

Toponímia Exclusiva!

A atribuição de toponímia aos espaços públicos onde circulamos e vivemos é crucial para a nossa identidade individual…
Skip to content