O Bloco de Esquerda de Viseu refere em comunicado que após ter recebido uma denúncia sobre estado em que se encontrava a albufeira da Barragem das Cainhas, entre Oliveira de Frades e Vouzela, alertou o GNR-SEPNA, APA e IGAMAOT. O Bloco considera que este é um “cenário desolador” com “peixes mortos nas beiras da albufeira e a boiar. Muita espuma acastanhada acumulada. Um cenário que quem viu descreve com tristeza”.

A barragem das Cainhas capta água para consumo da população o que segundo o Bloco poderá acarretar um risco. Referem também que “tem uma zona de pesca associada, o que põe em risco quem se alimentar dos peixes ali capturados, mas acima de tudo é um atentado ambiental que contamina águas, solos e toda a cadeia natural, toda a fauna e flora relacionados com o local.”

O Bloco de Esquerda de Viseu considera que é com revolta que continua a denunciar estas situações de poluição no distrito, em alguns casos devido a “descargas provenientes de várias ETAR municipais com funcionamento deficiente, mas também de descargas ilegais de indústria poluidora.”

Por fim, o Bloco refere ainda que “poluir os nossos cursos e reservas de água é poluir todo um ecossistema e atentar contra a saúde pública. Rejeitamos que qualquer interesse se sobreponha ao equilíbrio ecológico, à saúde ambiental e à qualidade de vida das populações.”, apelando também “à intervenção de todas as autoridades no sentido de encontrar os responsáveis destas descargas, de forma a que não se repitam novamente.”

Deixe o seu comentário

Skip to content