Diego Garcia volta a ser o cabeça de lista à Assembleia Municipal de Carregal do Sal pelo Bloco de Esquerda, depois de em 2017, na primeira candidatura de sempre deste partido no concelho, ter sido eleito deputado municipal com 8,24% e 437 votos.

Segundo comunicado enviado pelo Bloco de Esquerda de Carregal do Sal, a decisão da recandidatura de Diego Garcia tem como base a continuidade do trabalho feito no concelho. “Trabalho este que é reconhecido pela população carregalense e que trouxe uma interação permanente com a sociedade, trouxe o aproximar do eleito e do eleitor.”

“A eleição do Bloco em 2017 trouxe mais debate, mais discussão política, mais diversidade e quantidade de propostas e trouxe uma alternativa no modo de pensar e fazer política local, é essa continuidade que queremos”, acrescenta o comunicado. 

Diego Garcia

Diego Garcia nasceu na Galiza, a 1 de agosto de 1992, residindo em permanência, desde 2009, na região da Beira Alta. A sua família materna é galega e a sua família paterna é portuguesa, com raízes entre a Beira Alta, no concelho de Santa Comba Dão, e o Alentejo. 

Completou o 12º ano na já extinta Escola Profissional de Santa Comba Dão, estando neste momento em fase de conclusão da Licenciatura em Estudos Europeus pela Universidade Aberta, exercendo em simultâneo funções como assessor do Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda.

Diego Garcia refere que embora “não sendo oriundo do concelho e neste momento residindo no município ao lado, no concelho de Santa Comba Dão, na freguesia de São João de Areias, vivi e trabalhei durante muitos anos em Carregal do Sal, tenho amigos aqui e é onde faço muita da minha vida, é um concelho pelo que tenho uma verdadeira estima. Conheço o território e conheço, sobretudo, as necessidades dos e das carregalenses”.  

“Conheço o território e as gentes de Carregal do Sal porque cumpri o meu mandato de 4 anos na Assembleia Municipal perto da população e sempre com uma interação constante com a sociedade, tendo sempre um único objetivo: A melhoria de vida dos e das carregalenses. Combati o conservadorismo que reina no concelho, denunciei casos de poluição e tentei trazer mais dignidade para os animais do canil municipal, mas também nos preocupamos com a população envelhecida e isolada através de várias propostas como a criação do Gabinete do Cuidador Informal”, sublinha ainda. 

O candidato e atual deputado municipal considera que o Bloco foi “o partido mais ativo no concelho, com mais propostas na Assembleia Municipal, com uma visão alternativa para as políticas municipais. Uma visão que está cansada da rotina do PSD e PS que na maioria das vezes pouco divergem”. 

Diego Garcia termina destacando que a candidatura pretende “aumentar a representação do Bloco na Assembleia Municipal porque já demonstramos que cumprimos o mandato que nos deram os e as carregalenses com dinâmica, coerência, responsabilidade e com uma presença constante na vida dos munícipes”.

O cabeça de lista integra o Núcleo Concelhio de Carregal do Sal do Bloco, sendo membro da Comissão Coordenadora Distrital de Viseu do partido desde 2016. Foi eleito delegado pelo distrito nas duas últimas Convenções Nacionais do Bloco, em 2018 e este ano, 2021.

O nome de Diego Enrique Rodrigues Garcia foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Concelhia de Aderentes de Carregal do Sal do Bloco de Esquerda.

 

Hermínio Marques: “amo mesmo Carregal do Sal […] temos que fazer alguma coisa por este concelho”

ManifestaCão reivindicou entrada de animais no Parque Alzira Cláudio em Carregal do Sal

Deixe o seu comentário

Skip to content