Foto por GNR - Comando Territorial de Vila Real | Facebook

A Guarda Nacional Republicana do Comando Territorial de Vila Real (GNR), através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Chaves, identificou ontem, dia 2 de setembro, no concelho de Valpaços, um homem por detenção ilegal de aves selvagens em cativeiro.

Segundo notícia do Diário Atual, os agentes da GNR, no decorrer de uma investigação, apuraram que o suspeito de 28 anos detinha aves no interior de gaiolas, “tipo chamariz”, sem licença adequada para esse fim.

Neste seguimento, foi elaborado o respetivo auto de contraordenação e apreendidos 19 pintassilgos (Carduelis carduelis), um verdilhão (Chloris chloris) e várias gaiolas.

Em comunicado, a GNR refere que o destino de 16 aves foi a libertação no meio natural pelos militares e das restantes 4 a integração no Centro de Recuperação de Animais Selvagens (CRAS) da UTAD (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro), em Vila Real, com o objetivo de reabilitação para posterior libertação no meio natural.

Aves apreendidas

Deixe o seu comentário

Skip to content