Bloco de Esquerda questiona o Governo e a Câmara Municipal de Viseu sobre a situação de abate de árvores num terreno contíguo ao Fontelo, defendendo a inclusão desta zona na área de gestão pública da mancha arbórea e a classificação do património natural da Mata do Fontelo.

Na Pergunta ao Governo entregue na Assembleia da República, pela deputada Maria Manuel Rola e pelo deputado Nelson Peralta, o Bloco “defende a imediata intervenção do Governo e da Câmara Municipal de Viseu para parar a destruição da área em questão, usando todos os meios administrativos e legais ao seu dispor para o fazer. Nomeadamente, através da inclusão deste espaço na gestão pública e de uma urgente alteração do PDM, que prevê, dentro do que ainda é zona natural, construção.”

Consideram ainda urgente “classificar o Fontelo, não só no património construído, mas também no património natural, transformando-o numa zona protegida. Para que este não fique à disposição das vontades diversas de quem passa pela autarquia.”

Também a Câmara Municipal de Viseu foi questionada sobre este assunto, através da deputada municipal eleita pelo Bloco de Esquerda, Catarina Vieira, nos seguintes termos:

  1. Tem a CMV conhecimento desta situação?

  2. Tem intenções de intervir para parar a destruição desta área da mata do Fontelo?

  3. Ponderou a CMV a inclusão da área em questão na gestão municipal do parque do Fontelo?

  4. Quando pretende a CMV avançar com uma nova versão do PDM?

  5. A mata do Fontelo é área classificada?

  6. Qual o propósito do desmatamento da área em questão?

  7. Está prevista alguma intervenção urbanística/ imobiliária para esta área ou para a Rua do Fontelo?

  8. Quais as medidas municipais existentes para proteção da biodiversidade e espaços naturais?

Amanhã, dia 12, o Bloco de Esquerda promove uma mini Caminhada Pela Mata do Fontelo. Iniciativa pública que junta as candidatas à Câmara e à Assembleia Municipal de Viseu, Manuela Antunes e Carolina Gomes, os embaixadores do projecto VACALOURA.pt Humberto Mendes e Nuno Campos, a vários ativistas e membros de associações convidadas e todos os participantes com o objectivo de pensar o presente e futuro do Fontelo.

 

Pergunta 2223/XIV/2 – Abate de árvores na mancha arbórea da Mata do Fontelo, em Viseu

 

Entrevista no Fontelo a embaixadores do projeto VACALOURA.pt

Mini Caminhada Pelo Fontelo no próximo sábado

Deixe o seu comentário

Skip to content