Iniciativa pública em Viseu tem como objetivo pensar o presente e o futuro do Fontelo, no âmbito da construção do programa autárquico participativo do Bloco de Esquerda. “Todas as pessoas são convidadas a participar e partilhar O Que Faz Falta no Fontelo?”.

A iniciativa contará com a presença da deputada da Assembleia da República e membro da Comissão Parlamentar do Ambiente, Maria Manuel Rola, das candidatas de Viseu pelo Bloco de Esquerda Manuela Antunes (Câmara Municipal) e Carolina Gomes (Assembleia Municipal), dos embaixadores do projeto VACALOURA.pt Humberto Mendes e Nuno Campos, entre vários outros ativistas e membros de associações convidadas, sendo que  os momentos de conversa são abertos a todos os participantes.

A caminhada tem início no portão da entrada principal da mata do Fontelo pelas 10H00 de sábado (dia 12 de junho). Havendo um formulário de inscrição para garantir as condições de segurança da iniciativa.

mini Caminhada no Fontelo

A mata do Fontelo, com origem secular, localiza-se em plena cidade de Viseu. Integram o ecossistema 37 espécies arbóreas, na sua maioria carvalhos, loureiros e medronheiros, e espécies animais como ouriços-cacheiros, esquilos, pica-pau malhado ou a vaca-loura, o maior escaravelho da Europa, entre outras.

“Este espaço é muito mais do que um jardim, ou mesmo um parque de lazer e prática desportiva. Pelas suas características únicas, pela sua biodiversidade, deve ser preservado e potenciado enquanto lugar de promoção de educação e proteção ambiental, bem como de interpretação da fauna e flora lá existentes”, defende o Bloco de Esquerda.

 

Entrevista no Fontelo a embaixadores do projeto VACALOURA.pt

Mata do Fontelo está a ser devastada

Deixe o seu comentário

Skip to content