Transportes intermunicipais: o caminho que queremos percorrer?

Heitor de Sousa considerou que o setor dos transportes é um setor que precisa de escala. “A escala da rede de transportes públicos tem de ser intermunicipal quase por definição”, disse. Uma escala intermunicipal, “daria mais músculo financeiro às regiões” para financiar o transporte público e para criar as suas próprias empresas.

Não havendo para já regionalização, Heitor de Sousa defendeu que não pode ser negligenciado que as populações do Interior “estão a ser altamente penalizadas por não terem nenhuma rede de transportes públicos que as sirva” e que a associação de Comunidades Intermunicipais poderia criar alguma escala, permitindo que esta realidade seja tratada no atual quadro administrativo de organização territorial.

Encontro do Avesso: Caminhos do Interior – Que estratégia para os Transportes Públicos no Interior?, com Isabel Pires, Heitor de Sousa, Patrícia Pereira e moderação a cargo de Eduardo Marques.

Mais em: https://is.gd/I4DrD1

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts
Ler Mais

Águas do Planalto – Vídeo Satírico

Este é um falso anúncio da Águas do Planalto. Abordamos questões incómodas, como o contrato ilegal e anti-democrático, burlas na Associação de Municípios da Região do Planalto Beirão (que concessiou a rede de água à Águas do Planalto) e as várias promessas não cumpridas de redução dos preços das faturas.
Demais-e-Demais-Viseu-2022-1
Ler Mais

Demais é Demais! – Ação em Viseu

«Demais é Demais! É preciso parar a inflação que esmaga os salários e as pensões. São precisas ações corajosas de taxar os lucros abusivos, controlar os preços dos serviços essenciais e dos produtos básicos para a sobrevivência, é preciso aumentar salários e pensões para recuperar a capacidade das pessoas viverem.» Ações em Viseu com Catarina Martins à margem do Roteiro Pela Justiça Climática.
Skip to content