Sindicato Nacional da Proteção Civil (SNPC) lamenta, em carta aberta, que o Governo não tenha uma visão mais alargada sobre Conservação da Natureza e Florestas no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e reivindica melhores condições de trabalho para todos os profissionais ligados ao setor.

O SNPC considera que o PRR, anunciado pelo Ministro Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Matos Fernandes, revela que “afinal há muito dinheiro para investir neste setor” e defende que “apostar na floresta é apostar nos seus trabalhadores”. “O que o SNPC deseja, e reivindica é dotar todos os trabalhadores ligados à Conservação da Natureza e Florestas de melhores Salários e Carreiras/Estatutos Profissionais dignos e ajustados à sua realidade.”

O Sindicato lamenta que “o Governo não tenha uma visão mais alargada sobre a Conservação da Natureza e Florestas, pois o investimento que irá ser feito, não incidirá na melhoria da qualidade de vida dos seus trabalhadores, que todo o ano dão o seu melhor. O PRR deve ser entendido como tal, porque a Recuperação só se faz com Resiliência, o que quer dizer, que é um plano de trabalho, mas que em nada beneficia, quem desenvolve esse trabalho, faça sol ou faça chuva, durante todo o ano.”

Na carta aberta, são relembradas as exigência ao governo, para as quais já foi solicitada a intervenção dos Grupos Parlamentares, para os Sapadores Florestais, Vigilantes da Natureza e Corpo Nacional de Agentes Florestais.

“Já tivemos a promessa por parte do Sr. Secretário de Estado, Eng.o João Catarino, de que os Sapadores Florestais iriam ter a sua Carreira Profissional e que haveria uma proposta de Carreira, em Janeiro de 2021, e que, os Vigilantes da Natureza, iriam ver a sua Carreira Profissional revista, no fim do ano de 2020. Nada aconteceu até agora”, destaca o Sindicato. 

Acrescentam ainda que não pretendem “uma Carreira para os Sapadores Florestais, queremos sim, a sua integração, na Carreira já criada, de Bombeiros Sapadores Florestais.” rematando que “o Secretário de Estado tem agora a oportunidade de cumprir com o que prometeu. Aguardamos que este PRR nos faça justiça.”

 

 

Governo incapaz de esclarecer dúvidas sobre a lotação de veículos de Sapadores Florestais em pandemia

Centenas de trabalhadores da proteção civil e sapadores florestais ficam fora do suplemento de penosidade e insalubridade

2 Comments

Deixe o seu comentário

Skip to content