Piquenique debate sobre a história das Marchas LGBT+ em Portugal

 

O coletivo Covilhã a Marchar realizou na passada quarta feira, dia 25 de Maio, um piquenique para dar a conhecer a história das marchas LGBT + em Portugal, no Jardim Público da Covilhã.

Fabiola Cardoso, ativista social, foi convidada para falar da sua experiência e de como esteve envolvida na primeira marcha em Portugal.

Dia 4 de Junho realiza-se na Covilha a primeira marcha pelos Direitos LGBTQIAP+. O encontro está marcado para as 15:00 no Jardim do Goldra!
Conheça e subscreva o manifesto aqui.

 

Outros artigos deste autor >

Marta Raquel Almeida tem 21 e é uma jovem natural da Guarda.
Tem diploma em Comunicação e Relações Públicas e está neste momento no 1.º ano de licenciatura em Estudos Portugueses e Espanhóis na Universidade da Beira Interior.
Militante do Bloco de Esquerda, integrou a lista candidata à junta de freguesia da Guarda nas autárquicas de 2021, e a candidatura às legislativas de 2022 pelo círculo eleitoral da Guarda.
Integra também o Coletivo Metamorfose (na Covilhã).

Related Posts
Caminhos para o Interior com Isabel Pires, Heitor de Sousa e Patrícia Pereira. Moderação a cargo de Eduardo Marques.
Ler Mais

“Se há setor que pode constituir uma alavanca para a redução das emissões” é o setor dos transportes

Heitor de Sousa considera que “se há setor que pode constituir uma alavanca para a redução das emissões dos gases com efeito de estufa e da neutralidade carbónica para 2050” é o setor dos transportes, visto que as emissões dos gases com efeito de estufa “estão muito concentradas no transporte rodoviário e em particular nos veículos privados e nos camiões de mercadorias”.
Skip to content