Fotos de Carlos Couto | Interior do Avesso

Câmara Municipal de Carregal do Sal, Junta de Freguesia de Oliveira do Conde, deputados da Assembleia da República, deputados municipais, empresários e a população dos Fiais da Telha uniram-se numa concentração de protesto contra a reactivação de uma pedreira.

Foi no dia 29 de Fevereiro que mais de 200 pessoas se juntaram em Fiais da Telha, no concelho de Carregal do Sal, para protestar contra a reactivação de uma pedreira. A pedreira em causa foi desactivada há perto de 50 anos e situa-se em pleno Circuito Pré-Histórico Fiais/Azenha e muito próximo do Sítio de Interesse Carregal do Sal, protegido pela Rede Natura 2000. Para além disto, é “casa” de duas espécies endémicas protegidas pelo ICNF, o Narciso do Mondego e a Lagartixa Lusitânica. 

A população avançou com a criação de um movimento, que organizou o protesto para mostrar o seu descontentamento e revolta pela reactivação da pedreira. Rui Lopes, um dos porta-vozes da organização, refere que “isto é um atentado ambiental e para a saúde de quem vive a poucos metros da pedreira. A população está unida contra os pós de granito que são altamente prejudiciais, contra as fissuras nas casas, contra o fim do bem-estar que hoje a aldeia tem e que acabará com a reabertura da pedreira”. 

Também esteve presente uma comitiva do Bloco de Esquerda, que já levou o assunto à Assembleia da República, e foi composta pela deputada na Assembleia da República Maria Manuel Rola, o deputado municipal Diego Garcia e membros da Comissão Coordenadora Distrital de Viseu e do Núcleo Concelhio de Carregal do Sal. 

Maria Manuel Rola alertou que “estes processos não podem ser assim, onde a empreitada começa sem licenças e sem um verdadeiro esclarecimento às populações. Temos visto um pouco por todo o país a ideia de fazer negócio com base na extração de recursos a qualquer custo”. 

Diego Garcia, eleito do Bloco na Assembleia Municipal de Carregal do Sal, deu os parabéns à população dos Fiais pela manifestação de hoje e referiu “que os habitantes dos Fiais podem contar sempre com o Bloco como o têm feito e como nós o temos demonstrado, podem contar com o nosso apoio para evitar a reactivação deste atentado ambiental”. 

 

(Escrito por DG)

Deixe o seu comentário

Skip to content