Vale a pena promover o concelho com um minúsculo autocolante?

Caros e caras Sertaginenses, 

Sabiam que este Executivo Municipal, juntamente com a oposição, são coniventes com a promoção do concelho esbanjando milhares de dinheiro público sem um verdadeiro retorno e impacto para as populações? 

Sabiam que todos os anos este Executivo e a oposição assumem compromissos por ajuste direto com o objetivo de promover e divulgar o concelho com um minúsculo autocolante em um carro de Rally? 

Realmente não conseguimos perceber qual é a verdadeira utilidade deste autocolante, e dizemos isto, sem qualquer crítica ao desporto automobilístico em questão, mas sim à forma e conteúdo como a autarquia quer promover o concelho da Sertã.

Vamos aos números: Em 2019 foi gasto 19.990€ , durante 165 dias (que é o tempo que o autocolante permanece no automóvel), mas o problema reside em que esta prática tem sido recorrente ao longo dos anos. 

Questionamos se não haverá formas mais criativas e disruptivas de promover o nosso concelho. Claro que há! Basta colocar as pessoas certas, nos lugares certos. 

Entretanto, vamos deixando de lado a Saúde, a Educação, a preservação e conservação da nossa floresta, a fixação de pessoas no nosso território. Está mais do que na altura de deixarmos estas alternâncias entre PS e PSD, onde ambos tanto prometem e nada fazem e onde não conseguimos perceber onde estão as suas verdadeiras diferenças em termos de políticas públicas municipais. 

Precisamos das vozes do Bloco na Câmara Municipal, na Assembleia Municipal e nas Assembleias de Freguesias de Carvalhal e Pedrógão Pequeno.

Outros artigos deste autor >

Nuno Costa nasceu no dia 22 de abril de 1976, em Lisboa, e exerce funções de vigilante privado no concelho da Sertã, onde tem raízes e reside.. É o cabeça de lista do Bloco de Esquerda à Assembleia Municipal da Sertã nas eleições autárquicas de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados
Ler Mais

Ceci n’est pas une pipe*

Quadro de René Magritte|Foto retirada de cachimbo.ptComo humano, não sou quer dono da verdade, quer mensageiro de absolutas…
Skip to content