Foto por José Fernando Coelho Valgode|Flickr

Foram apenas alguns segundos,
Apenas algumas palavras,
Mas o teu sorriso foi maravilhoso
E o teu olhar marcante.
De tanto pensar em ti
E no teu sorriso
Gastei a imagem que estava guardada
Na minha memória.
Mas carinhosamente continuo a guardar
Essa imagem já desvanecida
como quem guarda uma fotografia envelhecida
Em que pouco se percebe,
Ainda consigo notar o teu sorriso
Que mostra a princesa dentro da guerreira,
A flor fechada no seu botão,
A lua escondida pelo brilho do sol.

Foram marcantes aqueles segundos!

Outros artigos deste autor >

Paulo Rodrigues, Santa Comba Dão, começou a escrever muito cedo.
Participou em várias coletâneas de poesia, prosa ou contos infantis organizadas por vária editoras como a "Orquídea Edições", "Lua de Marfim" e "Modocromia". Escreveu também por diversas vezes em edições "Sui Generis" e a prestigiada "Chiado Books".
Colaborou na organização da fanzine lançada em Santa Comba Dão, "Cabeça Falante", que inaugurou a editora recém-criada "Canhoto Esquerdino R", onde foi Assessor de Comunicação não remunerado.
É criador e administrador do blog "lagrimasdavida.blogspot.pt"

Deixe o seu comentário

Skip to content