Foto de Pxhere |Banco de imagens

Em 1771 Castelo Branco foi elevada a cidade e no dia 20 de março de 2020 comemora o 249° aniversário.

A Assembleia Municipal comemora a data com uma sessão pública e, este ano, por decisão da autarquia, vão ser entregues 4 medalhas de ouro a personalidades que, segundo a CM de C.Branco, desempenharam  um papel relevante na defesa da causa pública e dos albicastrenses.

A legitimidade do ato não se coloca em causa, mas estranha-se, no mínimo, que uma delas seja atribuída ao atual Presidente da Assembleia Municipal e outra em versão dupla, porque já tinha sido entregue em 2017!

Deve ser caso único a nível mundial, a homenagem promovida pelo órgão autárquico fiscalizado, ao líder do órgão fiscalizador e ainda o ridículo – não pomos em causa o mérito da figura distinguida – de uma medalha em duplicado

Onde está a ética política e o bom senso que o poder local deve exercer no desenvolvimento da sua atividade pública?

Estes momentos abrem mais feridas na democracia e permitem o afloramento dos ideais dos seus inimigos.

Outros artigos deste autor >

Nasceu em 1954 em Castelo Branco. Desde 1969 que mantém uma atividade política regular, a nível escolar, de organizações juvenis e laboral. Participante ativo em diversas associações cívicas. Trabalhou 39 anos na área dos seguros.

Deixe o seu comentário

Skip to content