Viseu: Bloco propõe criar uma linha regular de transporte público que sirva a Rede Municipal de Museus

Propostas do Bloco de Viseu para 2022, enviadas à Câmara Municipal, incluem medidas para valorizar a cultura e o património.
Museu do Quartzo
Museu do Quartzo | Por NelsonCM – Obra do próprio, CC BY-SA 3.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=21593052

O Grupo Municipal de Viseu do Bloco de Esquerda apresentou à Câmara Municipal contributos e propostas para as Grandes Opções do Plano de Atividades e Orçamento Municipal do Concelho de Viseu para o ano de 2022.

Os contributos dividem-se em oito áreas: maior participação popular e reforço da cidadania, responder à crise social, garantir o direito à habitação, repensar a mobilidade, promover o trabalho digno e a economia local, proteger o ambiente e os animais, valorizar a cultura e o património, e ainda apoiar o desporto.

O Bloco considera que “cultura e património não podem andar à mercê das agendas do marketing e do turismo. O foco deve estar na formação de novos públicos, com o apoio ao trabalho regular dos agentes culturais, na envolvência da comunidade de todo o concelho e na valorização, proteção e respeito pelo património.”

Neste sentido, o partido propôs à Câmara Municipal a criação de uma linha regular de transporte público que sirva a Rede Municipal de Museus, a realização de um levantamento dos espaços existentes, bem como das necessidades dos agentes culturais, e possibilitar a sua utilização, de forma transparente, para a criação e promoção da cultura, e ainda a identificação de todo o património que pode ser de interesse municipal e classificá-lo.

Todas as propostas, em todas as áreas, podem ser consultadas aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Related Posts
Skip to content