As pessoas que não desistem

Quando o sol do amanhã não raiar
Porque privatizaram o sol

Quando amanhã não chover
E a seca for mais dura
Porque esgotaram o mundo

Quando houver medo de andar na rua
E em cada esquina – a insegurança
Porque muitas cores ferem os olhos de quem não vê

Quando uma casa, a saúde, a educação
Forem privilégios
Porque o mundo se foi fazendo para quem pode comprar o mérito

Quando o trabalho for cada vez mais um castigo
Uma escravatura disfarçada de obrigação de uma falsa moral
Quando o trabalho esgotante nos alienar
Quando o resultado desse trabalho pairar cada dia mais longe de quem o produz
Porque assim é.

“Vão mas é trabalhar” [que quando pensam e questionam incomodam]

Quando se apoderarem da semente do cravo
E a deformarem, conspurcarem, mutarem
Num símbolo transgénico

Haverá sempre outras sementes, outras flores
Haverá sempre a rua
Haverá sempre quem não desista

Obrigada pessoas que não desistem!

Outros artigos deste autor >

Nasceu em Coimbra. Cresceu em Coimbra, com fortes raízes familiares em Castelo de Paiva e no Porto.
Reside em Viseu. Não voou para longe, mas encontrou uma outra casa.
Desde cedo, manifestou interesse em áreas comumente assumidas como divergentes: literatura, ciência, arte, medicina, religião, filosofia, política.
É procurando uma abordagem crítica e interdisciplinar do mundo e da humanidade que decidiu formar-se em Antropologia.
Atualmente "existe" em diversos desígnios e lutas. Desde a militância no Bloco de Esquerda ao ativismo na Plataforma Já Marchavas, passando por diversos projetos culturais onde se cruza com a filosofia (Nova Acrópole) ou o cinema (Nómada Malabarista).

Outros artigos deste autor >

O renascer da arte a brotar do Interior e a florescer sem limites ou fronteiras. Contos, histórias, narrativa e muita poesia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Related Posts
Ler Mais

Auto-estrada XII

XII Agarro-me ao balcão do clube. Refastelo o olhar na prateleira do bar. Garrafas de cores variadas, como…
Ler Mais

Um violador no teu caminho

No passado dia 25 de novembro, dia internacional para a eliminação da violência contra as mulheres, o mundo…
Ler Mais

VISTACURTA 2021: Vencedores

“O Nosso Reino”, de Luís Costa, venceu o prémio nacional da 12.ª edição do VISTACURTA – Festival de Curtas de Viseu, que terminou este sábado…
Skip to content