Sou moradora do centro histórico de Viseu há 52 anos e adoro a “minha” cidade!

O meu dia a dia, no que diz respeito a questões ambientais, é muito rigoroso, mesmo ainda não sendo “perfeito”: separo e coloco o lixo no sítio certo, tolerância zero ao plástico (muito difícil), uso detergentes ecológicos, como fruta e legumes da época e sou vegan na conversa e na atitude.

Nos últimos anos lemos e ouvimos muita propaganda que diz que Viseu é a “cidade mais limpa nos espaços públicos” mas quando damos uma volta pela cidade a realidade é bem diferente: lixo acumulado nos contentores de lixo e nos passeios e cheiros nauseabundos! É o caso dos contentores de lixo subterrâneos situados no passeio junto ao parque de estacionamento da Rua Capitão Silva Pereira: têm sempre muito lixo acumulado e com um cheiro insuportável, a rua está quase sempre suja, já para não falar das baratas que circulam na rua e que se refugiam nas garagens nas noites mais frescas.

É verdade que ainda existem pessoas que não se preocupam em deitar o seu lixo nos sítios adequados e deixam-no na rua ou o despejam sem cuidado nenhum para dentro dos contentores mas, o grande problema tem a ver com a recolha (nem sempre levam todo o lixo) e a inexistência de higienização adequada dos contentores que para além de receberem o lixo doméstico, recebem o lixo de restaurantes e similares.

Mas afinal quem fiscaliza ou deveria fiscalizar todas as acções de recolha e limpeza de lixo? A Câmara Municipal? A Junta de Freguesia?

Contentores da Rua Capitão Silva Pereira | Foto de Manuela Antunes

Com tanta reclamação, fotos nas redes sociais e abordagem deste assunto em todas as Assembleias da Freguesia de Viseu, desde o início do meu mandato enquanto representante do BE, o que falta fazer?… Diria que falta interesse dos responsáveis autárquicos em ouvir as pessoas, em ir aos locais e verificar o que está mal e, principalmente ter a coragem de assumir que a cidade podia estar mais limpa.

É preciso insistir na educação ambiental e dar o exemplo!

Outros artigos deste autor >

Nascida em Viseu há 51 anos, é sobejamente conhecida na cidade que a viu crescer, pela dedicação e alegria com que se empenha na sua intensa actividade profissional, cívica, desportiva, associativa, sindical, cultural e política.
Professora de Educação Física e Mestre em Atividade Física e Desporto.
De 2008 a 2013 foi presidente da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Viseu.
Actualmente é dirigente sindical (SPRC Viseu, FENPROF), membro da Direcção da FRAP (Federação Regional de Associações de Pais) de Viseu, Membro da Direção da Associação de Professores de Educação Física -APEF VISEU. Membro da Comissão Concelhia de Viseu e da Comissão Distrital de Viseu do BE.
Esta autora escreve segundo o antigo acordo ortográfico.

Deixe o seu comentário

Skip to content