Foto de Plataforma Já Marchavas | Facebook

Num ano especialmente difícil marcado pela pandemia, a Plataforma Já Marchavas assinala o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres (25 de Novembro), dando também início aos 16 dias de ativismo que terminam a 10 de Dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos.

A pandemia de covid-19 agudizou os casos de violência doméstica preexistentes, situações essas que se intensificaram durante o período de confinamento em virtude da convivência permanente das vítimas com os agressores.

A violência contra as mulheres e em particular a violência doméstica continua a ser exercida das mais variadas formas, seja ela física, emocional, sexual, financeira ou outras e encontramo-la nos mais diversificados contextos de intimidade.

As denúncias de milhares de mulheres, o trabalho de tantas associações e organizações, as medidas governamentais, as intensas campanhas de sensibilização continuam a não ser suficientes para acabar com este flagelo que se estende além-fronteiras.

Dia 25 de Novembro continuaremos juntas e juntos, em luta, sem esquecer que a violência nas relações de intimidade atinge 1 em cada 3 mulheres em Portugal.

Encontrar-nos-emos no Rossio com o propósito de repudiar todas as formas de violência contra as mulheres, recordando de uma maneira especial as mulheres LBTI+, as mulheres negras, as mulheres ciganas, as mulheres indígenas, as mulheres migrantes e todas as que sofrem, as que estão sós, as que são manietadas e… as que já não estão entre nós!

Marcaremos presença pelas que não podem estar e damos voz às que foram silenciadas!

Marcaremos presença pelas vítimas de violência doméstica, social, simbólica, instrumental e institucional!

Marcaremos presença para denunciar uma sociedade machista, sexista, racista, homofóbica, transfóbica e patriarcal!

Marcaremos presença para mais uma vez alertar a sociedade para este fenómeno!

Manifesto completo e subscrição: https://forms.gle/g1bsNXRA1JuFGTVk7

Evento: https://www.facebook.com/events/678339689458311

Outros artigos deste autor >

A Plataforma Já Marchavas é um movimento de cidadãs/ãos e de colectivos unidos na defesa de direitos Humanos, Ambientais e Animais.
O projecto Já Marchavas nasceu em maio de 2018 em Viseu reunindo sinergias diversas. Ainda em 2018 o projecto Já Marchavas levou mais de mil pessoas a participar na 1a Marcha pelos Diretos LGBTI+ em Viseu, denominada por alguns como a Marcha do Amor. A Plataforma Já Marchavas surgiu no ambiente pós-marcha concretizando a cooperação do projecto inicial e dando-lhe continuidade para outras causas comuns. Em Dezembro a Plataforma passou a integrar a Rede 8 de Março.

Deixe o seu comentário

Skip to content