4.ª Marcha de Viseu Pelos Direito LGBTI+ realiza-se em outubro

Marcha LGBTI+ Viseu 2021

Junho, mês do orgulho LGBTI+, é um momento de assinalar aquilo que foi e ainda é a luta pelos direitos das pessoas LGBTI+. Em 2021 assinalam-se 52 anos da Revolta de Stonewall. A 28 de junho de 1969, várias pessoas que frequentavam o bar Stonewall Inn revoltaram-se contra a invasão da polícia de Nova Iorque, dando assim origem a uma série de manifestações violentas e espontâneas. Foi a primeira faísca do que viria a ser o movimento LGBTI+.

Desde Stonewall que este é um movimento político no combate à discriminação, pelo fim da violência e da opressão. As marchas continuam a ser importantes! É por isso que a Plataforma Já Marchavas convoca pela quarta vez consecutiva a Marcha de Viseu Pelos Direitos LGBTI+, a realizar-se no dia 10 de outubro de 2021.

A data coincide com a véspera do The Coming Out Day (11 de outubro), ou seja, o dia internacional em que se assinala a saída do armário. Um dia que pretende consciencializar para a importância das pessoas se assumirem, sem medo, e serem quem realmente são, sem medo. Todas as pessoas podem e têm o direito de amarem quem quiserem, de se identificarem da forma que quiserem e serem aceites como tal. Devemos respeitar e entender que amar e amar-nos a nós própries é natural e ninguém deve esconder um sentimento e forma de ser e estar tão bonitas e únicas.

O orgulho que se assinala em junho e o orgulho com que se vai marchar em outubro, não é exatamente pela pertença à comunidade LGBTI+, mas sim pela coragem das pessoas serem o que são, num mundo que tenta fazê-las desistir todos os dias, pela pressão do ódio e do preconceito.

Marchamos para que o espírito de Stonewall não seja apagado e para que nos lembremos de quem deu a vida pela nossa liberdade. Nos últimos 22 anos, desde a primeira Marcha de Lisboa, foram várias as conquistas por uma sociedade mais igualitária e livre, mas a LGBTI+ fobia continua a matar, a discriminar e invisibilizar.

Depois de um ano e meio a vivermos em pandemia, com as pessoas LGBTI+ a serem das mais vulneráveis socialmente, exigimos uma maior atenção, apoio e políticas concretas por parte do Estado a estas pessoas mais vulneráveis da sociedade. E com a proliferação do discurso de ódio, xenófobo e racista por parte da extrema-direita, denunciamos e repudiamos a sua proliferação e banalização.

Esta luta, que é internacional e interseccional, deve continuar a dar visibilidade a todas as pessoas, independentemente da sua orientação sexual, identidade e expressão de género.

A 4.ª Marcha de Viseu Pelos Direitos LGBTI+ será portanto uma Marcha pelos Direitos Humanos, uma manifestação FEMINISTA, LGBTI+, ECOLOGISTA, ANTIFASCISTA, ANTIRRACISTA, DEMOCRÁTICA, INCLUSIVA e PARTICIPATIVA.

A Plataforma Já Marchavas anunciará mais tarde mais detalhes sobre a 4.ª edição da Marcha.

Publicado por Plataforma Já Marchavas a 17 de junho de 2021

Outros artigos deste autor >

A Plataforma Já Marchavas é um movimento de cidadãs/ãos e de colectivos unidos na defesa de direitos Humanos, Ambientais e Animais.
O projecto Já Marchavas nasceu em maio de 2018 em Viseu reunindo sinergias diversas. Ainda em 2018 o projecto Já Marchavas levou mais de mil pessoas a participar na 1a Marcha pelos Diretos LGBTI+ em Viseu, denominada por alguns como a Marcha do Amor. A Plataforma Já Marchavas surgiu no ambiente pós-marcha concretizando a cooperação do projecto inicial e dando-lhe continuidade para outras causas comuns. Em Dezembro a Plataforma passou a integrar a Rede 8 de Março.

1 comment
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados
Skip to content