Há mais salas de cinema a reabrirem hoje

Cinema Ícaro
Cinema Ícaro, em Viseu
Foto retirada de Cinema Sétima Arte
Hoje, 8 de junho, foi o dia escolhido para algumas salas de cinema reabrirem as suas portas ao público, uma semana depois de ter iniciado a nova fase do plano de desconfinamento anunciado pelo governo.

Cineplace Portugal, que fechou a 18 de março as suas 85 salas de cinema (a operarem em 14 centros comerciais do país), anunciou a rabertura do Cineplace La Vie da Guarda, reabre hoje, às 15h. Até ao momento não foram divulgadas mais datas para as restantes salas.

Também a sala de cinema UCI Arrábida (no Porto), do grupo UCI Cinemas, que tem mais duas salas em Lisboa, reabre esta segunda-feira. As salas de Lisboa continuam encerradas.

Cinema Charlot – Auditório Municipal, em Setúbal, reabre esta segunda-feira com a exibição de “Mosquito”, segunda longa-metragem de João Nuno Pinto. Gerida pela Medeia Filmes, a sala reabre com “lotação reduzida, distanciamento físico e, por ser espaço fechado, com a obrigatoriedade de uso de máscara para os espetadores, o equipamento municipal, dotado de 260 lugares, apresenta, ao longo de junho, sessões regulares de cinema às 21h30 e aos sábados e domingos também às 16h00.”

As salas de cinema que reabriram até ao momento são: o Cinema Trindade no Porto (1 de junho), o Cinema Ideal em Lisboa (1 de junho), a Cinemateca em Lisboa (1 de junho), o Teatro Académico de Gil Vicente em Coimbra (1 de junho), o Cinema Charlot em Setúbal (8 de junho), o Cinema Nimas em Lisboa (10 de junho) e as mais de 30 salas da Castello Lopes Cinemas (4 de junho).

Se disséssemos que éramos um bando de miúdos, um tanto sonhadores, que queriam fundar um site para escrever sobre cinema e que, por algum desígnio divino, pudéssemos fazer da vida isto de escrever sobre a sétima arte, seria isso possível? A resposta é óbvia: dificilmente. Todavia Isso não impediu o bando de criá-lo em 2008, ano da fundação do Cinema Sétima Arte. O espírito do western tinha-se entranhado em nós…
“A atividade crítica tem três funções principais: informar, avaliar, promover”. É desta forma que pretendemos estimular o debate pelo cinema.
Acima de tudo, escreveremos sempre como cinéfilos, esses sonhadores enamorados da sétima arte.
www.cinema7arte.com

Portuense mas reside em Viseu desde 2015 e é apaixonado por cinema e política. É administrador do site Cinema Sétima Arte, programador de cinema no espaço Carmo 81 e fez parte da equipa que reabriu o Cinema Ícaro, em Viseu, com o Desobedoc 2018. É ativista na Plataforma Já Marchavas, que organizou a 1.ª Marcha LGBTI+ de Viseu, em 2018.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts
cinema-na-cidade-2022-1
Ler Mais

Cinema na Cidade regressa ao centro histórico de Viseu

O Cinema na Cidade está de regresso ao centro histórico de Viseu, depois de em 2021 a iniciativa do Cine Clube de Viseu ter sido cancelada por falta de financiamento. Com uma "programação que tira partido de várias facetas da sétima arte, do cinema de animação ao documentário, com um olhar atento aos direitos humanos conhecer e falar sobre eles é importante, em qualquer época ou lugar", a edição deste ano decorre de 25 a 31 de julho, na Praça D.Duarte e no Museu Nacional Grão Vasco.
Mãos
Ler Mais

Calor de ti

Tuas palavras são lenha que acendem no frio em mim A chama do queimar Alecrim perfumado sem fim…
Ler Mais

A cabra

Estava ali a caminhar normalmente, perdido entre pensamentos como habitual, num caminho de terra rodeado de troncos nus…
Skip to content