Fotografia Iván Gutiérrez/Palombar

No dia 20 de fevereiro, a Palombar – Conservação da Natureza e do Património Rural realizou ações de sensibilização da comunidade para a importância dos abutres e ameaças que estas espécies enfrentam nas freguesias de Ifanes e Paradela, no concelho de Miranda do Douro.
Durante essas ações, foram distribuídos, junto da população local, materiais informativos e didáticos dos projetos ConnectNatura e Sentinelas – Rede de Monitorização de Ameaças para a Fauna Silvestre da Palombar sobre os abutres, nomeadamente folhetos, livro e t-shirts.
As populações locais, principalmente os criadores de gado e agricultores, são atores centrais na proteção dos abutres, como o britango, o abutre-preto e o grifo, espécies ameaçadas e legalmente protegidas em Portugal e a nível europeu.
Os abutres, por sua vez, beneficiam de forma significativa as populações do meio rural, por serem agentes de limpeza dos ecossistemas, contribuindo para a eliminação de carcaças no campo, limpeza de resíduos, para a reciclagem de nutrientes e para travar a propagação de doenças.
Saiba mais sobre as espécies de abutres europeus em www.connectnatura.pt/especies
+ INFO sobre os projetos
Outros artigos deste autor >

A Palombar – Associação de Conservação da Natureza e do Património Rural é uma entidade sem fins lucrativos, criada em 2000, que tem como missão conservar a biodiversidade, os ecossistemas selvagens, florestais e agrícolas e preservar o património rural edificado, bem como as técnicas tradicionais de construção. A associação, que atua orientada por uma abordagem pedagógica e de cooperação, promove também a investigação científica nas áreas da Ecologia, Biologia da Conservação e Gestão de Ecossistemas, a educação ambiental, o desenvolvimento das comunidades e a dinamização do mundo rural.

Deixe o seu comentário

Skip to content