Sabia que o chapim-azul (Cyanistes caeruleus) é das poucas aves que ajudam no controlo da lagarta do pinheiro, a famosa processionária?

Chapim-azul. Fotografia Wikimedia Commons.
O mais colorido dos chapins portugueses alimenta-se de insetos e lagartas, nomeadamente a lagarta do pinheiro (Thaumetophoea pityocampa), mas também de sementes, assim como de pólen e néctar, sendo, por isso, um importante agente polinizador, dispersor e controlador de pragas. É igualmente muito fotogénico, estando-lhe, por isso, associadas atividades como a fotografia de natureza.
As aves fazem muito mais do que cantar.
Descarregue gratuitamente folhetos informativos e didáticos sobre várias espécies de aves e os serviços que prestam aos ecossistemas em https://palombar.pt/pt/projetos/reconecta-te-a-natureza-2020/?fbclid=IwAR1cwW61pZoVHDIRmiQfg0QNcSS-upMIYKZIm2HYDwmlx7pWaUPffu2srsU
Lagarta do pinheiro. Fotografia Wikimedia Commons.
Outros artigos deste autor >

A Palombar – Associação de Conservação da Natureza e do Património Rural é uma entidade sem fins lucrativos, criada em 2000, que tem como missão conservar a biodiversidade, os ecossistemas selvagens, florestais e agrícolas e preservar o património rural edificado, bem como as técnicas tradicionais de construção. A associação, que atua orientada por uma abordagem pedagógica e de cooperação, promove também a investigação científica nas áreas da Ecologia, Biologia da Conservação e Gestão de Ecossistemas, a educação ambiental, o desenvolvimento das comunidades e a dinamização do mundo rural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Related Posts
Skip to content