Envolver as novas gerações e a comunidade na conservação da Natureza

SENSIBILIZAÇÃO e EDUCAÇÃO AMBIENTAL
Envolver as novas gerações e a comunidade na conservação da Natureza

As novas gerações e toda a comunidade precisam e dependem dos recursos naturais. Para que os possam preservar e valorizar, assegurando a sua continuidade, é fundamental que tenham acesso a informação e conhecimento sobre os elementos naturais que constituem o seu contexto ecológico e ganhem consciência sobre a sua importância vital. Só assim será possível promover o equilíbrio entre as atividades humanas e a Natureza, essencial para travar o processo de extinção de espécies e a degradação dos ecossistemas.

Sensibilizar e educar para a conservação da Natureza, através de uma relação pedagógica, de proximidade e cooperação, é a chave para assegurar um futuro sustentável para a vida na Terra.

A Palombar promove ações de sensibilização e educação ambiental dirigidas a públicos diversificados e de diferentes faixas etárias, através de Programas Escolares, Programa de Sensibilização Ambiental, criação de Conteúdos Didáticos, Atividades no Campo, Culturais e Socioeducativas, Cursos, Jogos, Teatro e Festivais Ecológicos.

Outros artigos deste autor >

A Palombar – Associação de Conservação da Natureza e do Património Rural é uma entidade sem fins lucrativos, criada em 2000, que tem como missão conservar a biodiversidade, os ecossistemas selvagens, florestais e agrícolas e preservar o património rural edificado, bem como as técnicas tradicionais de construção. A associação, que atua orientada por uma abordagem pedagógica e de cooperação, promove também a investigação científica nas áreas da Ecologia, Biologia da Conservação e Gestão de Ecossistemas, a educação ambiental, o desenvolvimento das comunidades e a dinamização do mundo rural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Related Posts
Névoa
Ler Mais

Balada da névoa

Batem forte, alarvemente, em tumultuoso chinfrim. Será discórdia ou, puramente, haverá mesmo, hodiernamente, gente que odeia assim? É…
Skip to content