Foto retirada de Palombar - Conservação da Natureza e do Património Rural

O Fundo Ambiental – Ministério do Ambiente e da Ação Climática aprovou, em setembro de 2020, a candidatura/projeto da Palombar – Conservação da Natureza e do Património Rural intitulada “Avaliação da Vulnerabilidade da Fauna Silvestre ao Uso Ilegal de Venenos e Reforço da Rede de Sentinelas contra o Furtivismo”, a qual tem como parceira a Universidade de Oviedo, em Espanha.

Esta candidatura agora aprovada veio reforçar e integrar o projeto Sentinelas (www.sentinelas.pt) para criar uma Rede de Monitorização de Ameaças para a Fauna Silvestre. A fusão entre estes dois projetos da Palombar permitirá criar uma rede abrangente e robusta para a deteção de ameaças contra espécies de fauna silvestres em Portugal, englobando ferramentas e métodos interdisciplinares para monitorização e avaliação de riscos neste âmbito.

Desta forma, tendo em conta esta fusão, o projeto Sentinelas passa agora a denominar-se Sentinelas – Rede de Monitorização de Ameaças para a Fauna Silvestre.

Mais informações sobre esta nova Rede serão disponibilizadas no momento oportuno.

Outros artigos deste autor >

A Palombar – Associação de Conservação da Natureza e do Património Rural é uma entidade sem fins lucrativos, criada em 2000, que tem como missão conservar a biodiversidade, os ecossistemas selvagens, florestais e agrícolas e preservar o património rural edificado, bem como as técnicas tradicionais de construção. A associação, que atua orientada por uma abordagem pedagógica e de cooperação, promove também a investigação científica nas áreas da Ecologia, Biologia da Conservação e Gestão de Ecossistemas, a educação ambiental, o desenvolvimento das comunidades e a dinamização do mundo rural.

Deixe o seu comentário

Skip to content