Foto de Sergey Yeliseev | Flickr

As duas crias de 2020 de um dos casais de águia-real (Aquila chrysaetos) que monitorizamos em ações desenvolvidas no âmbito do Grupo Nordeste já estão a desbravar o céu e a fazer os seus primeiros voos acrobáticos à descoberta do território! É uma verdadeira ode à liberdade!

Crias de águia-real: primeiros voos à descoberta do território... uma ode à liberdade As duas crias de 2020 de um dos...

Publicado por Palombar - Conservação da Natureza e do Património Rural em Quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Está é a maior águia que ocorre em Portugal. A águia-real é considerada uma espécie residente e estima-se que aproximadamente 70% da sua população nidifique no Nordeste de Portugal. Esta espécie encontra-se ameaçada no território nacional, estando classificada como “Em Perigo” por apresentar uma população muito reduzida.

Saiba mais sobre a águia-real em www.connectnatura.pt/aguia-real.

Artigo original de Palombar – Conservação da Natureza e do Património Rural

Outros artigos deste autor >

A Palombar – Associação de Conservação da Natureza e do Património Rural é uma entidade sem fins lucrativos, criada em 2000, que tem como missão conservar a biodiversidade, os ecossistemas selvagens, florestais e agrícolas e preservar o património rural edificado, bem como as técnicas tradicionais de construção. A associação, que atua orientada por uma abordagem pedagógica e de cooperação, promove também a investigação científica nas áreas da Ecologia, Biologia da Conservação e Gestão de Ecossistemas, a educação ambiental, o desenvolvimento das comunidades e a dinamização do mundo rural.

Deixe o seu comentário

Skip to content