O documentário “Douro Internacional – A Fronteira Selvagem” emitido no passado domingo, 22 de novembro, na RTP1, destaca o trabalho desenvolvido pela Palombar – Conservação da Natureza e do Património Rural em territórios do Parque Natural do Douro Internacional (PNDI) para promover o restauro e manutenção de pombais tradicionais, no âmbito do LIFE Rupis e de outros projetos, com vista a assegurar não só a preservação da arquitetura rural tradicional, como a conservação de várias espécies de animais selvagens ameaçadas e protegidas, nomeadamente a águia-de-Bonelli e o britango.

Sinopse

“No Nordeste de Portugal, onde um dos grandes rios da Península Ibérica entra em território Português, está uma das regiões mais selvagens e inóspitas do nosso país. O Rio Douro cravou o seu lugar por entre o planalto transmontano, formando as grandes escarpas que se erguem do seu leito. Esta fantástica e deslumbrante paisagem é hoje o lar de algumas das nossas espécies de animais mais icónicas e ameaçadas, e grande parte dela constitui o magnífico Parque Natural do Douro Internacional. Fique a conhecer o Douro selvagem como nunca antes”.
Fonte: RTP
Assista aqui: https://www.rtp.pt/play/p7979/douro-internacional-a-fronteira-selvagem
Publicado por Palombar a 23 de novembro de 2020
Outros artigos deste autor >

A Palombar – Associação de Conservação da Natureza e do Património Rural é uma entidade sem fins lucrativos, criada em 2000, que tem como missão conservar a biodiversidade, os ecossistemas selvagens, florestais e agrícolas e preservar o património rural edificado, bem como as técnicas tradicionais de construção. A associação, que atua orientada por uma abordagem pedagógica e de cooperação, promove também a investigação científica nas áreas da Ecologia, Biologia da Conservação e Gestão de Ecossistemas, a educação ambiental, o desenvolvimento das comunidades e a dinamização do mundo rural.

Deixe o seu comentário

Skip to content